Vendas e o home office: como manter o ritmo e desenvolver estratégias

Dá para manter o ritmo de vendas trabalhando de casa?

Vendas no trabalho à distância e home office pode parecer uma missão impossível. 

Mas estamos aqui para provar que o home office tem seus benefícios e ainda que manter o ritmo em vendas – ou até aumentar – é bem possível sim.

Esta dinâmica de trabalho já existia. Porém virou uma realidade geral desde o início da pandemia do coronavírus. Muitas empresas se viram impelidas a abrir mão do espaço físico e trocá-lo pelo gerenciamento de suas equipes à distância. 

Sendo assim, muitos profissionais tiveram que trocar o escritório da empresa pelo de casa, a fim de zelar pela sua saúde assim como a de seus colegas, vez que o isolamento social é uma das principais medidas para evitar o contágio pela Covid-19. 

Mas será que dá pra manter a mesma produtividade da empresa trabalhando de casa? É isso o que você vai descobrir neste artigo. Continue sua leitura.

O fenômeno do Home Office

Nesta realidade, nem espaços de coworking são adequados para o momento de pandemia. Por isso, o home office, ou seja, ter realmente um escritório em casa foi amplamente adotado.

Apesar dos desafios, novidades e adaptações, de acordo com uma pesquisa da Behup, 63,2% dos entrevistados sentem que a saúde está melhor ou muito melhor e 39,1% se sentem um pouco mais ou muito mais saudáveis. 

Isso acontece em grande parte por não ser mais necessário o deslocamento até o local de trabalho ou até pela flexibilização de horários, como por exemplo. Assim, sobra mais tempo para o colaborador investir em sua saúde física e mental; apesar da devastação causada pelo vírus.

Dentro disso, percebe-se uma boa aceitação deste novo modelos pelas gestores. 88% das empresas está trabalhando de forma 100% remota e a tendência é que, mesmo após o relaxamento das medidas de isolamento social, esse número continue crescendo; vez que grande parte dos colaboradores preferem o home office, além de ser mais econômico para a empresa como um todo também.

Os desafios do trabalho à distância 

Porém, como nem tudo são rosas, também existem muitos desafios a serem resolvidos.

Em um estudo feito pela FGV no Centro de Inovação da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), os pesquisadores concluíram que dos 464 entrevistados, 56% encontraram dificuldade moderada ou muita dificuldade em equilibrar as atividades profissionais e pessoais no trabalho remoto durante a pandemia.

Além disso, de acordo com outro estudo, feito pelo The Remote Work Report, o maior desafio relatado foi lidar com as distrações em casa (47%), seguido pelas dificuldades de comunicação e colaboração (35%).

Estes obstáculos podem ser ainda maiores para equipes mais dinâmicas, como a de vendas que precisa de bastante contato com os demais colegas e clientes.

Ainda assim, há esperanças. Mesmo à distância, é factível manter o ritmo de vendas e ainda continuar a desenvolver estratégias.

Como driblar os desafios do home office e manter os resultados em vendas?

Nem tudo está perdido.

Pensando nisso, já existem ferramentas e processos para se gerenciar uma equipe de vendas remotamente e desta forma colher bons resultados.

Seja para automatizar a comunicação com o cliente ou fazer reuniões, com as novas possibilidades que o mundo digital traz, já é possível fazer qualquer ação de onde você estiver no mundo.

Mas como aplicar na prática? Confira o próximo tópico.

TOP 4 dicas para arrasar em vendas no home office

Agora você vai conferir as 5 dicas que selecionamos sobre como vender muito mesmo estando de home office. Vamos lá?

#1 Ter disciplina e manter a motivação

Você já deve estar se questionando que esta é uma estratégia já batida, mas calma lá, não tão rápido.

A motivação é algo passageiro, seja qual for o seu nível sobre uma pessoa. Por isso existe a disciplina: para te manter na ativa quando lhe falta motivação. 

Porém, para desenvolver disciplina saiba separar um tempo exclusivo para pensar somente em trabalho.

Não somos robôs, mesmo com total disciplina, é impossível separar vida profissional da pessoal. Ainda não existe um botão que te desliga totalmente para pensar somente em questões do trabalho. 

O home office nos força a mudar a forma que trabalhamos, pois precisamos cumprir nosso deveres em meio à família, animais de estimação, atividades domésticas etc. Esta fusão mexe com a rotina, administração do tempo, tarefas diárias e o relacionamento com as pessoas.

Porém, ainda assim, é possível montar a rotina de forma a evitar distrações ao máximo, a fim de conseguir focar mais nas tarefas do seu emprego.

Por isso, separe um canto na casa exclusivo para trabalhar. Além disso, separe blocos de horários restritos a tarefas da empresa e avise às pessoas em sua volta quais são esses para evitar interrupções. 

#2 Constância que vira hábito

“Falar é fácil”, você deve estar pensando.

É fato de que toda adaptação ou evolução é dolorosa. Porém, se você aproveitar a motivação e empolgação inicial, é possível estabelecer uma constância na rotina de trabalho que você propôs e logo trabalhar bem em casa ficará intuitivo.

Desta forma, você consegue criar hábitos com o tempo, e assim, tudo fluirá com maior facilidade. As tarefas corriqueiras e o foco no horário de trabalho serão automáticos. Isso porque, você já condicionou seu cérebro a esse comportamento. 

Para ter constância, configure alarmes, monte automações para te ajudar a lembrar e manter seu ritmo de trabalho. Assim, você consegue ficar muito mais organizado e não se esquece de suas tarefas, nem compromissos importantes da empresa.

Também foque em se conectar ainda mais com seus clientes. A sua rotina de follow ups e abordagem de vendas deve ser ainda mais sistemática. Monte sua rotina e evite distrações.

#3 Cuidado com o FOMO

FOMO nada mais é que o fenômeno de se sentir “de fora”; uma sigla em inglês para “fear of missing out”.

Isso é, aquele sentimento de estar sendo excluído de acontecimentos ou não estar envolvido em certas trocas de informações. 

Este fato acontece na maior parte por estarmos fisicamente distantes uns dos outros.

Apesar de ser totalmente possível trabalhar de casa, ainda assim, o ambiente não é o mesmo e pode causar certo estranhamento ou até dificuldades para adaptação.

Em especial nas empresas que promovem um bom ambiente e ótima cultura organizacional. Os colaboradores sentem falta da rotina com os colegas e das eventualidades da empresa.

Em uma pesquisa, o HubSpot apontou que 20% dos profissionais de home office se sentem sozinhos todos os dias; enquanto 35% sofrem com a solidão entre duas e três vezes por semana; e ainda, 29% sentem falta da interação social com os colegas.

Para evitar isso, tenha o costume dentro da sua equipe de fazer sprints semanais e follow ups diários para compartilhar o que está sendo feito e se todos estão evoluindo na mesma direção.

#4 Mantenha a conexão com toda a equipe

Em momentos como esse é essencial ter ferramentas que colaboram para manter o alinhamento da equipe de vendas.

Sendo assim, busque centralizar toda a comunicação e informações sobre processos e clientes. Desta maneira, todos podem ter mais eficiência e encontrar respostas com mais facilidade

Além disso, não se esqueçam nunca de manter o bom ânimo entre todos da equipe. Marquem encontros online para descontrair, fortaleçam a cultura da equipe. Assim todos se sentirão parte do time e terão seus ânimos renovados. 

E aí? O que você faz para continuar eficiente em vendas no home office?

Para mais dicas e conteúdos sobre marketing e vendas, assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

Artigos relacionados