fbpx

Programa de Indicações VS Programa de Afiliados: entenda a diferença

 em Programas de Indicação

Com o crescimento das estratégias de Programa de Indicações e Programa de Afiliados, muitas pessoas ainda confundem as duas formas de captação de clientes, por meio de seus programas diferentes. Por esse motivo preparamos esse artigo, que vai sanar as suas dúvidas acerca da estratégia mais eficiente em conformidade com seus objetivos.

Programa de Indicações VS Programa de Afiliados

Brincadeiras à parte, cada um tem suas particularidades e podem ser utilizados simultaneamente se quiser.

Os programa de indicações e programa de afiliados, possuem princípios básicos comuns…

  • objetivo de captar novos clientes
  • utilizar meios digitais e inovadores de Marketing

… e as semelhanças param por aí.

Cada um tem suas características diferentes, com estratégias e eficácia bem distintas de um para outro.

O princípio da confiança pode estar em jogo com qualquer programa de afiliados, vez que funcionam como publicidade digital.

O que é diferente dos programas de indicações, que neste caso dependem da confiança exclusiva das pessoas à sua marca, no momento de indicar e receber indicações.

Vou explicar melhor suas diferenças. Vamos entender como funciona cada programa:

O que é um Programa de Indicações?

O Programa de Indicação é um método que têm como base, o Marketing Boca a Boca, ou simplesmente, Referral Marketing, Marketing de Indicação e todos os seus outros sinônimos.

Assim, o principal meio para que esse programa funcione é a ação humana dos nossos clientes em indicar os amigos, parentes e conhecidos.

Assim sendo, a prática funciona com base nos 4 Pilares, defendidos pelo CEO da BuzzLead, Leandro Martins:

(Confira aqui de forma detalhada e aprofundada o que é um Programa de Indicações)

Em resumo: os Programas de Indicações são recursos implementado nos processos de uma empresa que auxiliam e facilitam a indicação de pessoas. Além disso:

  • transforma as indicações orgânicas da empresa em algo recorrente, por meio de campanhas e links embaixadores;
  • potencializa o alcance das campanhas de indicações criadas;
  • incentiva os clientes a realizarem novas indicações  

O que é um Programa de Afiliados?

Já o Programa de Afiliados é um meio utilizado apenas em sites para auxiliar no aumento da lucratividade de negócios que estão começando, principalmente de novos Blogs, que não trabalham com um produto específico para venda.

Esse programa não depende da opinião de outros clientes sobre o produto.

Um exemplo é o portal Esporte Goiano. Esse site divulga notícias de esporte, porém sem patrocinadores. O recurso financeiro é conquistado por um programa de afiliados, que por sua vez, oferecem anúncios relacionados ao segmento, como academias, lojas de calçados esportivos e empresas de suplementos.

Um site que recebe esse programa, pode apresentar vários anúncios distintos, dos mais variados produtos. Para serem mais assertivos, o site deve receber apenas anúncios que possam interessar o seu visitante.

A ferramenta funciona como um aluguel do espaço no seu site para a divulgação destes anúncios.

Se está pensando em aplicar o Programa de Afiliados, você deve “hospedar” em seu site anúncios de outras marcas, para então receber lucro por meio de cliques convertidos em vendas.

O Programa de Afiliados é um serviço de publicidade prestado por uma pessoa ou empresa. O método é semelhante como um anúncio em jornal, só que em seu site de forma digital.

Mas então qual escolher?

É possível utilizar ao mesmo tempo Programa de Indicações e Programa de Afiliado?

Com toda certeza! É preciso entender que esses programas são distintos.

Programa de Indicações e Programa de Afiliados são estratégias completamente diferentes que apenas se assemelham um pouco no nome.

Sendo assim, com o programa de afiliados você pode usar o seu anúncio em qualquer site, ou até receber anúncios, e ao mesmo tempo implementar um  programa de indicações, nesse caso com uma página especial no seu próprio home para facilitar e gerar mais indicações.

Lembre-se, para ter resultados ainda melhores, sempre é bom ter mais de uma estratégia de marketing.

A PetiteBox é um exemplo de empresa que utiliza os dois programas. Em um de seus Blogpost, logo no final da página, percebe-se no conteúdo um programa de afiliação que gera receitas a partir da inserção de outros conteúdos de qualidade.

Por outro lado, a PetiteBox também utiliza um programa de indicações. Esse recurso atrai clientes diretos para a loja, diferente do programa de afiliados que oferecem serviços ou produtos que não têm haver com marca em específico.

Por que as pessoas confundem os dois programas?

Programa de indicações e programa de afiliados possuem princípios básicos únicos e comuns:

  • São digitais
  • Possuem finalidade de captar clientes
  • Trabalham diretamente com a persona da empresa
  • Buscam credibilidade por meio da confiança do cliente

E como são ferramentas muito conhecidas para uns, e pouco conhecida para outros, as novas tendências da era digital causam uma certa confusão na mente de quem está entrando nesse mercado.

Mas não se preocupe… temos muito que esclarecer ainda neste artigo.

Qual a diferença da Indicação do Marketing Boca a Boca e a forma de captação de um Programa de afiliados?

O Marketing de Indicações tem como princípio a confiança de cliente para cliente. Eu indico meu amigo, que irá indicar outro amigo, e assim por diante.

A chave neste cenário é que seu amigo ou membro da família já é uma pessoa de confiança. Por isso, nos temos o costume de pedir recomendações deles normalmente.

Confiamos ainda mais em pessoas que já experimentaram o produto: tinham uma dor semelhante à nossa que foi sanada com a solução de empresa X.

Dessa maneira, o programa de indicações é algo que depende de suas estratégias integradas como:

  • fidelizar clientes
  • incentivar a indicação
  • oferecer o melhor produto para seu cliente
  • recompensar pessoas que fazem indicações
  • preocupar com a satisfação do cliente como um todo

o Marketing de Afiliados têm como estratégias hospedar publicidade. Não há uma relação pessoal que possa ser chamada de indicação. É uma forma de recomendar, porém que não gera alto nível de confiança.

Tanto é que, muitas pessoas fecham essas páginas e até as consideram como spam. Salvo em alguns casos, nos quais os sites de origem transparecem confiança social depositada naquela marca e percebemos a publicidade como anúncio, que por sua vez pode até nos fazer boas recomendações.

Aceitar a indicação de um amigo ou a publicidade?

A recomendação de um afiliado pode ser arriscada, não é mesmo? A princípio, podemos não conhecer nada daquela marca ou não nos identificarmos. Afinal, estamos falando de um tipo de publicidade crua.

Diferente da indicação, em que a  confiança se baseia na percepção de seus amigos pela marca, e o princípio de que, indicam aquilo que será bom e proveitoso para você.

No nosso blog já apresentamos algumas estatísticas que comprovam o tanto que as pessoas confiam na indicação de um amigo mais do que qualquer outro meio de compra. Ou seja, é melhor aceitar a indicação de um conhecido do que em qualquer anúncio de site.

Sanou suas dúvidas? Deixe seu comentário!

Compartilhar
Postagens Recentes

Deixe um Comentário