Faça seus clientes venderem para você nas redes sociais: 5 formas práticas de divulgar seu programa de Indicações no Facebook.

 em Marketing, Programas de Indicação, Vendas

Uma pessoa média passa cerca de 13 horas no aplicativo do Facebook por mês” – ComScore.

Não precisamos reforçar que os seus clientes estão no Facebook.

E em um mundo onde 2 milhões de empresas estão anunciando seus negócios em busca de atrair clientes, como você vai se diferenciar?

Negócios de pequeno e médio porte, que possuem pouco orçamento para Facebook Marketing sofrem para atrair clientes na ferramenta.

Mesmo sendo difícil, não é impossível destacar o seu negócio no Facebook.

Como já falamos aqui, a criação de um programa de indicações de clientes é uma arma poderosa para empresas que prestam serviços como de beleza e estética.

E você pode usar essa exata arma para se destacar nas redes sociais.

Pense bem:

Por dia, mais de 4 bilhões de pessoas compartilham coisas no Facebook. (fonte)

Quanto custo para anunciar para 4 bilhões de pessoas?

Nem vou entrar no cálculo, pois acho que não caberia aqui.

Mas imagine se você usasse a influência dos seus clientes para gerar compartilhamentos do seu negócio.

Seria cliente atraindo cliente.

Marketing de influência sendo divulgado e compartilhado no Facebook.

Pensando nisso listei 5 formas práticas de divulgar o seu programa de indicações no Facebook, potencializando seu alcance, com baixo custo, e atraindo mais clientes para o seu negócio.

Vamos entrar de cabeça nas 5 dicas de Marketing de Indicação no Facebook:

#1 – Facilite o compartilhamento através do Facebook.

A melhor forma de conseguir defensores da sua marca e pessoas que realmente vão comprar de você é gerando compartilhando.

Se disseminando diretamente pelo perfil dos seus clientes satisfeitos.

A Estudo Sistematizado de Informativos (ESINF) é um ótimo exemplo disso.

A empresa criou uma página específica para seu programa de indicações de clientes.

É tão fácil quanto a imagem sugere.

Basta o usuário clicar no botão do Facebook e pronto, tá compartilhado:

Print da Página de indicações e compartilhamento da ESINF

Página de indicações e compartilhamento da ESINF

Se você já gerou algum resultado com o Facebook ou qualquer outra rede social, sugiro verificar se você facilita o compartilhamento.

Você pode criar uma página e formulário como esse usando programação básica ou alguma plataforma que cria programa de indicações.

#2 – Personalize a imagem do compartilhamento (torne tudo ainda mais fácil!)

O marketing de indicação é um dos mais poderosos porque todo o alcance feito pelas redes sociais é orgânico, ou seja, um boca a boca de compartilhamentos.

Seu cliente não pode ter barreira nenhuma para te compartilhar.

Se ele ver uma imagem feia vai relutar em compartilhar em seu próprio perfil no Facebook.

Por isso crie uma imagem personalizada que realmente incentive o compartilhamento.

#3 – Não “force a amizade” com seu potencial cliente.

Entenda uma coisa:

Se seu cliente está compartilhando o seu negócio, ele está deixando você entrar efetivamente no perfil social dele.

E isso pode ser uma barreira ao compartilhamento.

Por isso evite ao máximo pedir muito do seu cliente, principalmente se for a primeira vez que ele está compartilhando algo seu.

Não precisa pedir permissão para postar em seu nome, solicitar seu contato pessoal, número de telefone e nem pedir para ver seu histórico de gostos.

Pegue apenas o que você precisa.

Depois do compartilhamento você continua trabalhando seu cliente para conseguir mais informações, mas por hora basta o compartilhamento.

#4 – Ajude e engajar e gerar interesse nos seus novos clientes.

Além de personalizar a mensagem de compartilhamento, é crucial que você mantenha o contexto para seus clientes ao longo da experiência de indicação.

Seus clientes gastam 50 minutos por dia na plataforma móvel do Facebook, com isso, quando você levá-los para fora do aplicativo, não leve-os sem bons motivos.

O que estou querendo dizer:

Se você for levar seu cliente para uma página de cadastro ou de indicações, se assegure de que ela funcione e gere uma boa experiência, ou seus clientes voltarão para o Facebook sem compartilhar nada.

A Airbnb tem uma ótima estratégia quanto a isso.

Quando você vai compartilhar o material deles e gera um link para que os amigos dele vejam a foto do “compartilhador” é o destaque.

Quando os amigos clicam em uma mensagem de indicação em seu feed do Facebook, esta é a primeira coisa que eles vêem:

Print da tela de compartilhamento do airbnb

“O Peter te deu 35 dólares para viajar”

Mostra que é um compartilhamento de pessoa para pessoa.

Ao aumentar a personalização em todas as plataformas, a equipe da Airbnb conseguiu usar a indicação para aumentar as reservas em 25%.

A criação de uma experiência unificada no Facebook, no seu website e no seu aplicativo para dispositivos móveis é cada vez mais importante à medida que os usuários gastam mais e mais tempo no Facebook.

Mostre-lhes que seus amigos já estão lá, e eles serão mais propensos a converter e indicar.

#5 – Crie um Chatbot de graça e aproveite essa ferramenta.

Essa é uma ferramenta absurdamente forte.

E quase ninguém está usando os chatbots.

Se você é uma pequeno negócio de prestação de serviços, como um centro de estética, provavelmente não usa e-mail marketing.

E nem acredita que vá funcionar para você.

O chatbot é exatamente a mesma coisa, só que direto no inbox do Messenger do Facebook.

Louco, não?

O Messenger, que já tem mais de 900 milhões de usuários ativos mensais, já ultrapassa a maioria das redes sociais em termos de usuários ativos.

Aqui no BuzzLead utilizamos o Chatbot para a captura de leads, exatamente como expliquei acima.

Se você quiser ver na prática clique aqui.

Mas basicamente eu ofereço um material útil para meus clientes:

print do chatbot da buzzlead

Ao clicar em “Send to Messenger” eles recebem o Infográfico com 6 razões para começar um programa de indicações e eu ganho acesso ao Messenger deles, podendo enviar mais conteúdos.

Para criar um chatbot no Facebook você não precisa ter conhecimento técnico algum.

Basta acessar uma ferramenta grátis, como Chatfuel ou o Manychat e seguir os passos sugeridos, em português e bem rápido.

Se você criar um chatbot coloque o link nos comentários abaixo, que eu vou adorar conhecer 😉

Ainda está com dúvida se você deve ou não criar um programa de indicações boca a  boca?

2 razoes para voce comecar um programa de indicacoes agora

Viu como usar o Facebook no seu Programa de indicações é uma ótima opção?

Caso tenha alguma dúvida pergunta pra gente nos comentários e não se esqueça de compartilhar o artigo com os amigos.

Postagens Recentes

Um evento online e gratuito que vai te ensinar a vender mais por indicação.

Semana das Vendas por Indicação. Aprenda como aumentar suas vendas com um Programa de Indiciação.

X