Indicações: pedir ou não pedir indicações? Eis a questão

Pedir indicações! BuzzLead

O impacto das indicações na sua empresa

Um dos pilares principais de um programa de indicação de sucesso é a ação de pedir indicações.

Isso porque, só com este ato aparentemente “pequeno”, você abre novas possibilidades de negócios e outros benefícios atrelados à indicação.

Dentro disso, você também dá início a um ciclo de ganhos tanto para sua empresa quanto para os seus clientes. Todo mundo ganha com as indicações e isso é fato.

Ao indicar, a pessoa demonstra satisfação com o que está sendo indicado e assim, acaba transmitindo confiança e autoridade quanto ao que compartilha.

Além disso, oferece uma experiência prévia do serviço ou produto.

Mas e na prática? Como sua empresa pode aproveitar o referral?

Desenvolver e aplicar novas estratégias muitas vezes não é fácil. Porém, nada de preocupações, neste artigo vamos te mostrar como estruturar uma tática de como pedir indicações aos seus clientes, e desta forma, como resultado, torná-las uma prática recorrente na sua empresa.

Continue sua leitura e tenha um passo a passo prático para começar a aplicar hoje mesmo. Vamos lá?

Use o que já tem em mãos ao seu favor

Indicar é algo natural do ser humano. Você pode perceber isso no seu dia-a-dia.

Em especial, nas redes sociais, quando alguém gosta da solução de uma empresa em específico, começa a falar bem e a indicar a mesma para quem também possa precisar.

As indicações ocorrem naturalmente. Basta ter um cliente satisfeito e pronto!

Contudo, apesar do boca a boca ser difícil de mensurar, há um meio para controlar como, quando e a quantidade de indicações que sua empresa pode receber; tornando-as assim uma receita previsível e recorrente.

Desta forma você consegue vender muito mais, sem investir mais por isso, pois você já conquistou aquele cliente.

Agora tem toda a capacidade e eficiência para transformar essa estratégia em algo com alto poder de escalabilidade.

Mas o que seria uma estratégia escalável?

É aquela que permite aumentar seus resultados com o menor esforço. Dentro disso, o crescimento da receita é desproporcional ao aumento dos custos; ou seja, você lucra mais com a mesma quantidade de receita, por exemplo. 

Aqui chega o momento de você construir um novo canal de receita na sua empresa, usando o que você já tem em mãos organicamente: as indicações dos seus clientes.

Para isso, o primeiro de tudo é saber como pedir indicações em vários momentos e tornar uma ação a qual deve fazer parte da rotina da sua empresa.

Depois disso, pode partir para estruturar todo o processo e começar a perceber o impacto que as indicações trazem nos seus resultados de vendas. 

Na teoria parece bem simples e até natural demais.

Mas então por que existem empresas que ainda não aplicam essa estratégia? 

Vamos descobrir. Agora você vai saber como sair da teoria para a prática e otimizar muito os seus resultados com o Marketing de Indicações.

Como pedir indicações?

Simples: apenas peça!

É isso mesmo. É mais fácil do que pensa.

Da mesma forma que é natural indicar, deveria ser natural pedir indicações. Isso porque, é mais do que lógico você aproveitar a oportunidade de pegar um cliente satisfeito com seu serviço ou produto e perguntar “Você tem um amigo que poderia gostar da minha solução também?”.

Não precisa ser mais complexo do que isso.

Porém muito cuidado: analise com que frequência um mesmo cliente será solicitado a fazer uma indicação, pois o resultado pode ser o contrário do esperado se você o pressionar demais.

Além disso, aqui vai outro alerta: vale perguntar também se seu cliente conhece alguém que tenha as mesmas dores que ele tinha, mas que sua empresa conseguiu sanar. Isso lhe renderá um maior número de leads qualificados para sua equipe de vendas trabalhar.

Se você mostrar autenticidade e aproveitar os momentos certos, com toda certeza pedir indicações vai ser simples, além de trazer muito mais resultados, claro.

Hora de escalar seus resultados

O costume de pedir indicações deve estar na cultura da empresa. Com isso, as vendas por indicação serão muito mais recorrentes e previsíveis.

Para poder escalar essa estratégia é preciso que ela tenha uma estrutura base e faça parte dos processos padrões da sua empresa.

Depois disso, basta montar sua mecânica de um programa de indicação, incluindo os outros pilares e mensurando com mais assertividade os reais resultados que suas campanhas de indicação trazem.

Confira o que fazer na sua empresa para começar a pedir indicações dos seus clientes, e assim, dar o primeiro passo para desenvolver seu próprio programa de indicações.

Passo a passo para começar a pedir indicações:

#1 Identifique os pontos de contato e os momentos chave

Neste ponto temos duas ações bem vitais para o seu sucesso em solicitar indicações.

A primeira consiste em identificar e registrar os pontos de contato que sua empresa tem com seus clientes. Dentro desses canais, você consegue adaptar sua abordagem para chamar a atenção do cliente para participar da campanha de indicação da sua empresa.

Depois disso, analise em quais momentos você tem a oportunidade de pedir a indicação. Porém, escolha com sabedoria, nem toda vez que um cliente entra em contato vale a pena pedir logo uma indicação.

O segredo é aproveitar quando ele está mais empolgado e feliz com sua marca.

Aqui vão alguns exemplos:

  • Torne o pedido parte da negociação de venda;
  • Peça logo após o momento UAU do seu cliente, quando ele se mostra o mais satisfeito com sua solução;
  • Após um feedback positivo da compra;
  • Peça após um atendimento de suporte técnico;

Enfim, as possibilidades são diversas e variam muito a depender do segmento do seu negócio.

#2 Inclua na cultura da empresa

Todas as suas equipes e colaboradores precisam estar treinados e acostumados a pedir indicação ao cliente no momento certo.

Ter o costume de pedir indicação deve ser parte da cultura da sua empresa como um todo.

Assim, a abordagem fica mais autêntica e a ação mais assertiva.

#3 Monte os scripts de abordagem 

Já tendo os momentos e canais pré definidos, agora chega o momento de ter scripts base de abordagem para solicitar a indicação.

Assim, sua equipe economiza tempo na hora de desenvolver uma mensagem para enviar. Com uma base para seguir, contendo informações importantes sobre as condições do seu programa de indicação, fica mais fácil transformar o pedido de indicações em algo padrão e natural.

Isso tornará todo o processo mais eficaz e, como consequência, trará maiores resultados.

Conclusão

Você agora já tem tudo em mãos para começar a pedir indicações na sua empresa.

Comece hoje um alinhamento com sua equipe de marketing e vendas e aplique esses passos para já testar essa estratégia que cada vez mais chama a atenção de empresas dos mais diversos segmentos e modelos de negócio.

Se você já quer entender mais sobre como é possível montar um programa de indicações com uma ferramenta automatizada na sua empresa hoje, solicite uma demonstração! Nossos especialistas estão a postos para te ajudar.

E aí? O que achou do nosso conteúdo? Para saber mais sobre o mundo das indicações e como escalar as vendas na sua empresa, assine a newsletter da BuzzLead também. Lá você confere novidades e conteúdos inéditos para potencializar seus resultados.

Artigos relacionados