Como tornar seu funil de vendas mais eficiente e eficaz

A forma como os consumidores tomam suas decisões de compra tem mudado consideravelmente nos últimos anos e isso vem exigindo das empresas a utilização de diferentes estratégias.

Nesse cenário, a gestão do funil de vendas vem ganhando importância para as empresas, sendo considerado essencial importante para acompanhar os negócios em tempo real, contribuindo no atingimento das metas de vendas.

A partir deste artigo, você poderá compreender melhor o conceito de funil de vendas, além de descobrir como torná-lo mais eficiente e eficaz. Boa leitura!

O que é o funil de vendas?

Também chamado de pipeline, o funil de vendas é a maneira mais eficiente de gerenciar o processo comercial. Através desse modelo estratégico é possível acompanhar toda a jornada do consumidor conforme os estágios que são definidos, desde o início do primeiro contato até o fechamento da venda.

Esse processo é conhecido pelas fases a seguir:

TOPO DE FUNIL: Aprendizado e Descoberta
MEIO DE FUNIL: Reconhecimento de problema e Consideração da solução
FUNDO DE FUNIL: Decisão de compra

O funil de vendas é, portanto, uma representação do caminho que o seu cliente percorre até a efetivação da compra. Apresenta um topo largo, por onde “entram” as pessoas que demonstraram algum tipo de interesse em seu produto/serviço e conforme o funil vai se estreitando, os interessados se transformam em prospects, leads, clientes e clientes fiéis.

Saiba como otimizar seu funil de vendas

Para que o seu funil de vendas possa ser replicado é fundamental que ele tenha indicadores de desempenho bem definidos para garantir que as ações ocorram de maneira produtiva e eficiente, concretizando os objetivos pré-determinados.

Além disso, é recomendável também que tenha métricas de eficiência, como a própria taxa de conversão entre uma etapa e outra. Assim, você terá um processo de vendas mais ajustado, minimizando erros e tornando as metas mais facilmente alcançáveis.

No entanto, é preciso saber que nem todo visitante se tornará um cliente (e isso não significa que tem algo errado com a sua estratégia). O número de leads é geralmente bem maior que o de clientes, pois muitos demonstram interesse, mas nem todos eles se tornam clientes.

Por isso, quando for criar o seu funil de vendas busque:

  • Entender como seus clientes decidem comprar
  • Definir as etapas do funil de vendas
  • Acompanhar, analisar e adaptar sua estratégia

Seguindo essas orientações e adotando uma ferramenta de automação de marketing e vendas, você garantirá um funil de vendas mais eficiente e eficaz!

A construção de um funil de vendas pode ser trabalhosa, mas é um esforço que vale muito a pena, se realizado adequadamente. Escalar e otimizar seu funil oferecem benefícios reais ao negócio, e uma ferramenta de automação pode ser uma ótima aliada na busca por melhores resultados.

Então, o que está esperando para começar?

Se precisa de uma última dica, comece pelo Atendare, construindo uma landing page perfeita para capturar leads e convertê-los em clientes.

Com o Atendare você poderá explorar todas as oportunidades de conversão a cada etapa de seu funil de vendas. Use as estratégias de inbound marketing integradas a um sistema de CRM – e passe a converter mais e mais leads em clientes!

 

Esse artigo foi escrito pela equipe de marketing do Atendare.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *