fbpx

Como fazer a melhor e exclusiva estratégia de “Indique e Ganhe”

 em Referral Marketing

Indique e Ganhe“: sua próxima estratégia obrigatória.

Provavelmente você já participou de alguma estratégia de indique e ganhe. No momento selecionou alguns amigos que considerou que aquele serviço ou produto seria importante, e os indicou. Assim acumulou alguns pontos para trocar em desconto ou até produtos.

Mas hoje vamos te mostrar como a estratégia indique e ganhe é essencial para reduzir custos com marketing e fidelizar clientes.

E para aqueles que participam da campanha e conquistam seus prêmios por indicação, essa é uma boa forma de se tornar um embaixador da marca.

Como o indique e ganhe se tornou uma estratégia eficiente de marketing

Em meados do século XXI a inovação tecnológica têm mostrado do que é capaz nas suas estruturas dentro do marketing digital. Consequentemente, outras estratégias como o marketing boca a boca, mostram suas forças no digital e apresentam o indique e ganhe como parte das vendas por meio de Programas de Indicação.

A propósito, nós seres humanos amamos indicar e ganhar recompensas. Está no nosso DNA essas vontades, conforme já mostramos em outro artigo da BuzzLead: O Guia do Marketing de Indicações. E consequentemente esse é um forte que têm nos tornado participantes ativos dos programas de indicação.

Dessa maneira o indique e ganhe, partindo do princípio de que as indicações geram confianças, utiliza essa estratégia para potencializar o ato humano de indicar e é claro, estimula a vontade pela recompensa.

Eu compro, eu gosto, eu indico. Em seguida: meu amigo compra, meu amigo gosta e meu amigo indica. Eu ganho uma recompensa pela minha indicação e meu amigo ganha pela indicação dele. E assim sucessivamente as indicações geram um círculo de indicação simultâneas, que se eleva conforme o crescimento da marca, em vendas oriundas da indicação.

Indique e Ganhe é parte das novas estratégias de marketing

A grande vantagem do indique e ganhe é a evolução dessa estratégia. Uma reportagem do O Globo, ressalta que o marketing boca a boca, princípio do indique e ganhe têm se tornado parte das estratégias de marketing voltadas para a geração Z – aquela que já nasceu no auge da informática.

exemplo-indique-e-ganhe

Isso significa que: Empresas que adotam programas de indique e ganhe, buscam fidelizar os seus clientes e retê-los em sua marca.

Ao observarem os mitos do referral marketing, os profissionais de marketing descobre que a indicação não é apenas uma forma de apenas oferecer recompensas. A indicação é portanto uma estratégia de ampliar as vendas.

E dessa maneira, a estratégia de indique e ganhe pode oferecer bons resultados para sua empresa, como as descritas:

  • Reduz o Custo de Aquisição de Clientes (CAC)
  • Encurta a jornada de compra
  • Torna a venda rápida
  • Transforma clientes em vendedores
  • Aumenta o tempo de vida do seu cliente
  • Atinge diretamente sua persona e público alvo
  • Diminui os custos com marketing

Ainda têm dúvidas sobre essa estratégia? O indique e ganhe é tão fundamental que uma pesquisa do B2B Marketing Mentor aponta que 66% dos entrevistados menores de 34 anos têm maior probabilidade de dar uma referência depois de receber o reconhecimento social por isso. 😉

Como fazer uma estratégia de indique e ganhe

Para começar seu Programa de Indicações e potencializar os resultados oriundos do indique e ganhe é presciso estar muito atento em como colocar em prática uma estratégia sem brechas para caçadores de recompensas.

Portanto automatizar o seu programa será muito importante para evitar fraudes. Por isso é essencial, por exemplo, sair das indicações orgânicas e efetivá-las com um bom programa.

Mas, para ser mais claro, se preocupe com os seguintes passos na construção da sua estratégia de indique e ganhe:

Base de indicadores

Primeira coisa a se pensar: “Os meus clientes já me indicam?”

Procure saber quantos dos seus clientes já usam da indicação para recomendar a sua empresa ou marca. É importante saber onde esses clientes estão presentes, e quais redes sociais eles usam para falar da sua marca.

Ao analisar procure saber qual o índice de satisfação com seus serviços. Uma boa estratégia é realizar uma pesquisa de Net Promoter Score (NPS), assim será possível mensurar aqueles nos quais você pode começar a pedir indicações.

Apenas clientes satisfeitos fazem indicações eficazes e indicam porque se identificam com a marca, e se posicionam como embaixadores. Por esse motivo, para que sua empresa tenha uma base de indicadores forte, é importante trabalhar no relacionamento com o cliente, o quanto melhor esse relacionamento, mais indicações você terá e tanto cliente como empresa ganham com a estratégia.

Tenha seu programa no site

Possuir um website onde seu Programa de Indicação estará alojado, dará ao cliente uma caminho ideal para acessar a Landing Page do indique e ganhe. É portanto fundamental que neste espaço se encontre o Call to Action para a página de pontuações providas das indicações.

O site não é apenas um canal de divulgação do indique e ganhe, mas sim o principal e oficial meio de buscar informações sobre o indique e ganhe da sua empresa.

O site ajuda o marketing de indicação quando sinaliza, por exemplo, o local para acesso ao Programa de Indicações. Seu cliente deve ter facilidade para encontrar o Programa de Indicação, assim que entrar na sua página.

Divulgue adequadamente o seu programa de indique e ganhe

A divulgação de uma estratégia de indique e ganhe deve fugir de características de spam. Parece bizarro, mas as as pessoas indicam por que são estimuladas, e não porque vão receber uma recompensa, por mais que esse seja um estímulo eficaz.

Essa estratégia têm um objetivo específico para a empresa, que é a geração de novos clientes. A oferta da recompensa, portanto, é um incentivo para que haja indicações do serviço ou produto de determinada empresa.

Ninguém oferece recompensas por que te achou bonito, não é mesmo?

Dessa maneira, ao divulgar seu Programa de Indicações feche as brechas para caçadores de recompensas. Não basta apenas que haja indicações, é presciso haver conversões em vendas e isso só será potencializado se existir o estímulo correto para que haja indicações.

O estímulo está nas regras de um bom indique e ganhe. Essas regras devem ser bem elaboradas de forma que o cliente entenda o propósito e assim indique, sendo estimulado por uma recompensa.

Consequentemente você não oferecerá o ganho apenas por indicações realizadas, mas sim e principalmente por aquelas indicações que resultem em novas vendas ou melhor, novos clientes. Uma boa dica é aumentar a pontuação ou pontuar apenas indicações que geraram vendas.

Vou deixar de presente para você um artigo com 11 formas para atingir o maior número de pessoas possível com a divulgação do seu indique e ganhe. Essa leitura irá abrir seus olhos para uma boa divulgação do seu programa.

Indicar os amigos é mais eficaz que outras pessoas

A maior prova que seu serviço é bom, está na indicação dos seus clientes.

Indicar uma pessoa desconhecida para um Programa de Indicações até se torna fácil, se a indicação fosse feita para qualquer pessoa. A indicação só é eficiente se gerar confiança.

Acontece que a indicação é uma prova social de que algo é bom para outra pessoa, e naturalmente indicam-se como ação de solidariedade. Lembra daquele amigo parceiro que você têm? Provavelmente foi esse amigo quem fez indicações para você.

Ao indicar, seu cliente coloca a reputação dele em jogo por sua marca. Se o seu produto/serviço não for bom e gera transtornos aos clientes (o que é muito triste para a empresa), acabou-se a fidelidade à sua marca.

Por isso ao mesmo tempo que é mais fácil indicar meus amigos, há uma responsabilidade social da marca em garantir a qualidade dos serviços.

A prova social e as pesquisas de satisfação, descritas neste artigo, são exemplos do que um indique e ganhe de respeito, sucesso e credibilidade possui.

Compartilhar
Postagens Recentes