Marketing boca a boca: conheça TODAS as estratégias e suas diferenças

 em Marketing, Marketing Boca a Boca, Referral Marketing

Conheça as diferentes estratégias boca a boca

O Marketing boca a boca influencia as decisões de compra de muitas pessoas em diversos setores. Essa sem dúvida é uma tendência de Marketing que veio para ficar e mudar o relacionamento de empresas e consumidores.

Nos últimos anos a abordagem de comunicação das marcas mudaram desde que elas notaram que seus clientes não querem mais ver somente produtos. Eles querem fazer parte, estar próximo. Criar um relacionamento de intimidade com seu cliente é essencial nos dias atuais.

Seus clientes querem saber quem está por trás do seu negócio. Cada vez mais marcas têm mostrado que se preocupam com seus clientes. Estão produzindo mais conteúdos a fim de encantar e fidelizar seus consumidores.

As estratégias boca a boca são ingredientes chaves para o marketing atual. No cenário das mídias digitais, essa é uma estratégia que possibilita que seus clientes compartilhem seus produtos e as experiências que possuem com sua marca.

O boca boca é tão antigo quanto o comércio, porém muitas empresas ainda não sabem como potencializar essa ação. No entanto, já existem diferentes estratégias boca a boca para você usar. E é sobre elas que falaremos neste texto.

Conheça agora as diferentes estratégias boca a boca.

Vamos lá!

Marketing de Afiliados

O meio digital consegue proporcionar o sucesso do Marketing de Afiliados de forma efetiva. Através dessa estratégia, pessoas conseguem ganhar dinheiro, seja nas redes sociais ou em blogs.

Na prática, o Marketing de Afiliados acontece da seguinte forma: uma empresa lança um produto ou serviço na internet. Para ajudar na divulgação, ela conta com pessoas que podem divulgar o produto nas redes sociais em troca de uma comissão.

A ideia é promover um produto de terceiros com um incentivo financeiro.

No Marketing de Afiliados existem 3 grupos de pessoas participantes: a empresa (detentora do produto), afiliados (que são responsáveis por divulgar o produto) e clientes (os consumidores).

Também há os tipos de divulgação existentes do Marketing de Afiliados, eles são:

  • Custo por Clique (CPC): nesse caso, o que vale não são as vendas em si, mas os cliques adquiridos nos anúncios.
  • Custo por Ação (CPA): o afiliado recebe a comissão quando ele faz algum tipo de ação, como um cadastro no site, por exemplo.
  • Custo por Mil Impressões (CPM): o valor a ser pago para o afiliado será repassado quando o anúncio atingir uma marca de mil visualizações.
  • Custo por Vendas (CPV): aqui, como o próprio nome já diz, o afiliado recebe sempre que uma venda for feita.

Uma das vantagens do Marketing de Afiliados é que não é preciso fazer altos investidos para fazer parte. Cabe ao afiliado viralizar o produto, gerando assim a venda em grande escala.

Outra vantagem é que ele traz benefícios tanto para os afiliados quanto para as empresas, ou seja, é uma via de mão dupla. Todos saem ganhando. A Netflix e Amazon são exemplos de empresas que utilizam a estratégia de Marketing de Afiliados.

O principal desafio é que o reconhecimento da marca que utiliza o Marketing de Afiliados  tenha uma grande repercussão.

Marketing de Parceiros

O Marketing de Parceiros ou co-marketing, é basicamente a junção de duas empresas para criar ou promover um conteúdo específico. O objetivo é atrair um público que elas têm em comum.

Dessa forma, os resultados podem ser compartilhados em ambas as empresas.

O co-marketing pode ser feito através de diversos formatos, como artigos em blogs, conteúdos nas redes sociais, eBooks, infográficos ou qualquer outra coisa que pode ser feita em conjunto.

Um bom exemplo de co-marketing são os hotéis e as companhias aéreas. Neste caso os hotéis podem criar um guia turístico para uma companhia aérea, por exemplo. Ou vice-versa.

Não importa qual é o seu segmento, as opções são grandes.

Muitas pessoas confundem co-marketing com co-branding. Apesar de serem parecidas, elas são estratégias diferentes. O co-branding tem como objetivo de duas empresas criarem um produto para mostrar as forças de ambas e atraírem público diferentes.

O exemplo mais comum de co-branding é o McDonald’s. Prova disso são as edições de Mc Flurry de Sonho de Valsa, M&M’s e a “Língua de gato” da Kopenhagen.

As maiores vantagens do Marketing de Parceiros são:

  • Menos trabalho ou trabalho pela metade: uma vez que as empresas vão dividir o processo de criação do conteúdo.
  • Maior alcance: já que o público da outra empresa também terá acesso ao conteúdo.
  • Custos reduzidos: se o orçamento estiver apertado, essa é uma ótima dica para investir, uma vez que as custos também serão divididos entre ambas as empresas.
  • Fortalecimento das marcas: criar conteúdos com outras empresas que já são referências no mercado, faz com que sua empresa se torne mais bem vista pelo público.

Para um Marketing de Parceiros ter sucesso, é preciso fazer tudo certo. Nesse caso é importante encontrar um parceiro ideal, isso quer dizer que ele precisa ser referência no mercado, ter um produto ou serviço complementar o seu, tenha conhecimentos que agrega valor, tenha uma audiência considerável e que possua o mesmo público alvo.

As tarefas também precisam ser bem divididas e tudo deve ser planejado com atenção e cautela. É importante também, neste caso, mensurar os resultados. Só assim você poderá perceber se o co-marketing deu mesmo certo e se você irá repetir.

A construção de um relacionamento é essencial do Marketing de Parceiros.

Marketing de Influência

O Marketing de Influência é uma estratégia do Marketing Digital que visa utilizar pessoas que possuem influência em relação ao seu público. Alguém muito conhecido nas redes sociais, pode desempenhar o papel de influenciar tomadas de decisões em uma compra, por exemplo.

Essa estratégia boca a boca envolve produtores de conteúdos que possuem grande relevância e um público bem engajado. O Marketing de Influência ainda é uma novidade entre as empresas. Muitas dúvidas surgem à respeito do assunto.

O influenciador tem o papel de criar uma perspectiva sobre determinado serviço ou produto. O objetivo do Marketing de Influência, é criar uma ligação entre o público influenciado e sua marca.

O que mais leva as empresas aderirem o Marketing de Influência são:

  • Resultados reais
  • Acessibilidade
  • Confiança

É por isso que o influenciador deve ser escolhido de forma certa, que saiba comunicar sobre seu negócio, afinal você quer que o consumidor seja impactado positivamente em relação ao seu produto.

O seguidor de um influenciador se sente próximo a ele, tem uma intimidade e foi construído uma relação de confiança. Logo, ele confiará no que o influenciador está falando e indicando.

Para aplicar o Marketing de Influência em seu negócio é preciso ter um objetivo claro do que você quer alcançar. Também é preciso conhecer o seu público para que você consiga encontrar o influenciador ideal que conseguirá transmitir a mensagem desejada.

Marketing de Indicação

Uma estratégia boca a boca que tem ganhado bastante espaço entre o marketing digital, é o Marketing de Indicação ou Referral Marketing, como também é conhecido.

Provavelmente você já comprou algo por meio de uma indicação de um amigo ou até mesmo já indicou alguma marca, produto ou serviço para alguém. Essa é a prova que a indicação é uma prática comum do ser humano.

Nesse sentido o Marketing de Indicação, é uma estratégia boca a boca para conquistar novos clientes através da sua atual cartela de consumidores.

Quanto mais uma pessoa se sente satisfeita e encantada com algo, mais ela irá indicar para outros de forma natural. O Marketing de Indicação, é um aprimoramento para esta ação natural.

É o ato de estimular o comportamento de indicação.

“O marketing inspirado pelo boca a boca gera mais que o dobro de vendas em comparação com propaganda. Além disso, os consumidores têm uma taxa de retenção 37% maior” – McKinsey.

Ao implantar um Programa de Indicação você deve pensar na satisfação do seu cliente. Em qual momento ele se sente mais encantando com seu serviço ou produto? É nesse momento que você deve pedir indicação a ele.

Quanto mais satisfeito ele estiver com seu negócio, mais ele irá indicar.

Existem muitos benefícios ao ter um Programa de Indicação. Veja alguns:

Sem dúvidas, ter um Programa de Indicação é uma grande maneira de obter novos clientes e fidelizá-los.

Mas antes de implementar um Programa de Indicação é sempre bom saber o que seus clientes estão pensando a respeito da sua marca. Uma maneira de conhecer é fazendo um Net Promoter Score (NPS).

Para saber mais sobre Programa de Indicação acesse mais conteúdos do nosso blog. Você também pode baixar nosso eBook Como Criar um Programa de Indicação.

programa_de_indicacao
Postagens Recentes

BLACK WEEK BUZZLEAD

Tudo o que você queria,
SÓ QUE MELHOR!
Escolha o Plano que você quer que te damos o Upgrade dele + 1ª Mensalidade Gratuitaaa! Vem!

BLACK WEEK BUZZLEAD: Upgrade de Plano + 1ª Mensalidade Gratuita? O que você queria, só que melhor!

X