fbpx

Conquistar alunos: 4 dicas para Encantar e Fidelizar

 em Instituições de Ensino

Descubra como conquistar alunos:

Na arte de conquistar alunos, nós temos alguns aliados.

O Marketing Educacional é um deles. Um modelo que necessita ser arrojado, para além de segurar o aluno no ano letivo das instituições de ensino, encantar e fidelizar pelos seus próximos períodos de estudo.

Como então conquistar alunos neste mercado, onde as novas metodologias de ensino e as diversas ofertas da concorrência fazem com que seu aluno mude de instituição? É um desafio.

Neste artigo, você irá descobrir dicas e técnicas de como fidelizar alunos em instituições de ensino, e como aplicá-las.

O primeiro passo, antes de fidelizar e encantar alunos é:

Descubra por que os seus alunos estão indo embora da instituição

Essa pergunta deve ser colocada em ação na mente de todos os gestores de instituições de ensino, ao analisar o índice de abandono ou desistência dos seus alunos.

Observe, alguns fatores que levam a isso:

  • professores despreparados
  • exigências de atividade sem sentido lógico
  • metodologias ultrapassadas ou fora do padrão da escola ou seu público ideal
  • preços exorbitantes e fora da oferta do perfil da sua instituição
  • ou outro motivo, que aplique diretamente ao seu aluno

Saber quais são os motivos que levam aos seus atuais problemas é fundamental para que os pontos de dores se transformem em pontos de encantamento.

É simplesmente transformar os problemas da instituição em soluções.

Mas atenção, isso demandará um tempo e força de vontade para elaborar ótimas estratégias de encantamento.

Identifique quais são seus alunos, nos mais diferentes níveis de perfil:

  • idade,
  • renda,
  • classe social,
  • graduação
  • ensino médio
  • ensino fundamental,
  • tipo de escola que estudaram anteriormente,
  • e outros critérios determinante para definir o perfil de sua escola.

Isso quer dizer que, inicialmente o seu primeiro foco para fidelizar é no seu aluno, afinal qual é o perfil de aluno da sua instituição?

Ao descobrir, você poderá adotar medidas que foquem diretamente neste público, e assim fidelizar com ações que atendem diretamente às suas necessidades como cliente da instituição.

Agora que já ilustrou na sua mente quem são seus alunos, é hora de descobrir o que tem afastado o aluno da instituição. É o momento de reverter o quadro e encantá-los.

Muitos gestores se enganam achando que as mudança para encantar devem ser extremamente bruscas no modo de atender os alunos.

No entanto, esquecem que o foco principal de uma instituição de ensino sempre será a formação do aluno enquanto humano, profissional e ser social.

Conquistar alunos: encantar para fidelizar

Adapte a instituição ao Perfil de Aluno que você atende!

Não adianta cobrar de uma turma de instituição privada, nas quais todos os seus alunos trabalham, que façam uma atividade em horário extra-curricular, se seus alunos não podem fazer tal atividade.

A dica para atender o seu aluno está na personalização do ensino para cada turma. Um espaço comum e que evidencia essa técnica de fidelização e encantamento é presente em alguns cursos de pós-graduação.

Em muitos cursos do segmento, as turmas possuem alunos de vários cursos de graduação distintos, mas que em muitos casos possuem uma ligação entre si.

Ao conhecer esses alunos e de qual gradação vieram, o professor pode se adaptar na entrega de conteúdo que atenda a sua turma de forma mais eficiente a abordagem de cada aluno.

Busque metodologias que deixem seus alunos apaixonados

Imagine que, se a dor dos seus alunos estão sendo as metodologias adotadas pela escola, e que têm causado frustração. Esse é um bom motivo para mudá-las.

O ensino tradicional, onde professor fala e os alunos apenas são receptores do conteúdo já se tornou praticamente obsoleto por todo o mundo.

As novas metodologias envolvem o aluno nas atividades e ao mesmo tempo torna o professor mediador do conhecimento, e não mais apenas emissor de conteúdo.

Essa pode ser uma boa forma de conquistar alunos, se a sua instituição tiver um perfil de aluno mais envolvido com as questões tecnológicas, por exemplo.

Uma boa dica é usar a metodologia ativa de problem based learning – aprendizagem baseada em problemas. A técnica pode ajudar a instituição desenvolver habilidades e atitudes de forma integrada do estudante e obter conhecimentos por meio de resolução de problemas.

Seu objetivo é despertar o senso crítico em relação a sua realidade

Prepare professores para serem encantadores de alunos

Provavelmente você teve um professor na sua infância que marcou a sua vida escolar. Esse com toda certeza soube muito bem encantar sua turma de alunos.

Professores bem preparados possuem mais que um dom para fidelizar alunos. Por esse motivo, a escola deve preparar os professores para se tornarem os melhores encantadores de alunos. São esses profissionais que entregam, em contato direto entre a oferta do seu produto (conhecimento) e a entrega do mesmo em sala de aula.

Mas a propósito, lembre-se que o relacionamento entre alunos e professores sempre deve gerar encantamento. Por isso, um professor que faz o seu trabalho com amor, acaba encantando mais. Porém, não é só de amor que os professores vivem!

A instituição pode oferecer algumas formações extras para que o professor encante e fidelize seus alunos em sala de aula, e alguns estímulos ou incentivos para está finalidade.

O compartilhamento de técnicas e metodologias entre profissionais da instituição será um bom começo para fidelizar os alunos que você já possui.

Conquistar alunos 2x mais com indicações em ensino

De acordo com uma pesquisa do McKinsey, o discurso do próprio consumidor, induzido pelo marketing de indicação, gera mais de 2x as vendas que com publicidade paga. Isso significa que essa estratégia pode conquistar alunos mais propensos a serem fiéis à instituição.

Se você colocar em prática, a fidelização e o encantamento os alunos de sua instituição que trouxerem novos estudantes, serão canais para gerar confiança em novos alunos, antes mesmo destes se matricularem.

A confiança é gerada, pelo fato de naturalmente indicarmos aquilo que é bom para nós, aos nossos amigos. “A minha instituição de ensino é muito boa. Por isso eu a indico para os amigos que sei que querem adquirir o mesmo conhecimento”.

O Instituto Nielsen aponta que  92% dos consumidores ao redor do mundo afirmam que confiam totalmente na indicação de um amigo ou familiar, acima de qualquer outra forma de propaganda.

Então, que tal pedir os alunos que já estão fidelizados para indicarem os amigos?

Além da confiança, é natural que nossos amigos possuem perfil semelhante ao nosso, e por isso as indicações trazem alunos com a mesma semelhança de necessidade por determinado serviço.

Esse pode ser um cliente em um estágio avançado no funil de vendas da instituição e portanto, propenso a fechar com sua instituição em um tempo mais curto.

Assim sendo, sua escola poderá atender melhor o seu perfil ideal de aluno.

E aí, gostou deste artigo? Confira aqui como um software de indicações pode melhorar a captação de alunos!

Compartilhar
Postagens Recentes