Black Friday: TOP 7 estratégias para fazer história nesta data

 em New Page Examples

Saiba quais estratégias usar para ter uma Black Friday histórica na sua empresa

O que é a Black Friday?

Black Friday é um grande evento promocional que ocorre toda última sexta-feira do mês de novembro. Sua origem foi nos Estados Unidos nos anos 70, e era comemorado logo depois do feriado de Ação de Graças.

É realmente o momento mais aguardado pelo comércio, sendo a maior data para o e-commerce no Brasil e também a maior no mundo.

Isso porque, este é o momento em que lojas do globo inteiro abaixam os preços de alguns – ou até todos – produtos e oferecem descontos a fim de criar a melhor oportunidade de compra para todos.

Assim, mais pessoas conseguem ter acesso aos produtos e assim, consomem em maior volume do que iriam consumir ao longo do ano.

Deste modo, é um dos eventos mais aguardados do ano. Empresas e clientes se planejam para aproveitar as melhores oportunidades de compras e negócios.

É uma verdadeira ferramenta para estimular e aquecer o mercado!

 

A grande promoção e tendências 

O mês da Black Friday chegou, e com ele um algo volume de vendas. São esperados em média 2,5 bilhões de faturamento em menos de 24h.

Clientes do mundo todo aguardam a tão esperada sexta-feira para comprar itens que tanto procuraram, ou até aproveitar para pegar qualquer coisa que estiver em promoção, aproveitando todo o clima de Black Friday. 

Por isso esta data é tão esperada tanto pelas empresas quanto pelos consumidores.

4 em cada 10 consumidores já fizeram planos para comprar nesta data. Contudo, suas preferências vão se voltar mais para o digital.

O evento tende cada vez mais para o digital, tanto que as compras por este meio cresceram 81% com faturamento de 9,4 bilhões, em contrapartida com um faturamento de 3,2 bilhões de reais em 2019. 

Segundo a mesma pesquisa do Ebit Nielsen, as vendas online, em especial entre quinta e sexta, na Black Friday devem crescer 27% em relação a 2019.

As lojas online (77%) mantêm a preferência dos consumidores. Logo em seguida vêm as lojas físicas (54%).

Não importa qual seja o objetivo do seu cliente, você deve se preparar para a Black Friday tanto quanto se prepara para grandes datas comemorativas como o Natal ou o Dia das Mães, por exemplo.

É nesta sexta-feira fatídica que você poderá liquidar seus estoques, dar evasão em produtos que não estão vendendo tão rápido quanto deveriam e é claro, aumentar seu fluxo de caixa. 

Ou seja, a oportunidade perfeita para dar uma guinada na sua empresa. 

Atenção: esta não é uma data para prejuízos! Não faça promoções “loucas” sem embasamento ou estratégia por trás. 

O intuito da Black Friday é escalar suas vendas, não causar mais prejuízos para sua empresa.

Agora que já está avisado, hora de abordarmos as estratégias. Confira também algumas recomendações para o que fazer antes, durante e depois da data. Assim, você conseguirá fazer uma Black Friday realmente histórica!

 

TOP 7 Estratégias para a Black Friday

#1 Planejamento é tudo

Tudo é questão de preparo.

O ideal é que ter uma preparação para tal data com pelo menos seis meses (ou o ano inteiro). Já falamos que o volume de demanda é extremamente alto, certo?

O volume no seu site será bem maior, assim como as chamadas para atendimento.

Por isso, deixe tudo organizado desde o planejamento estratégico e estrutural, até treinamento de equipe e peças da campanha. 

Depois de toda logística preparada, agende e já deixe no gatilho os seus disparos de e-mail, remarketing, posts em redes sociais. Tudo o que você precisa para fazer uma divulgação completa para seus clientes.

Defina quais produtos ficarão em promoção e faça os cadastros dos mesmos. Verifique se vai precisar contratar colaboradores temporários ou não. Se precisar, até tire a opção do boleto para não travar seu estoque.

Com tudo isso em mente, siga a seguinte lista para sua pré-campanha:

  • Defina as políticas das promoções, com regras claras de participação
  • Trace objetivos e metas para a campanha
  • Confira se as tags de Analytics e Conversão estão corretas
  • Defina o processo de atendimento
  • Defina o processo de entrega
  • Revise suas segmentações e listas de remarketing
  • Crie gatilhos no seu site
  • Prepare a divulgação

#2 Black Friday chegou, e agora?

Agora é partir para o ataque. Aplique o seu plano de ação e acompanhar tudo de perto para evitar transtornos ao máximo.

Por isso a primeira etapa é tão importante. Com um bom planejamento, tanto para a divulgação até gestão de crise, quando chega a hora H tudo flui.

O foco durante a Black Friday deve ser em monitoramento. Tanto das métricas de cada objetivo quanto dos processos com sua equipe.

Defina períodos no dia em que você estará 100% nisso e delegue também para os líderes da sua equipe te ajudar na tarefa.

Tenha total certeza de que estão preparados para fazer quaisquer alterações se necessário em:

  • disponibilidade de produto
  • orçamento de campanhas de anúncios 
  • itens reprovados
  • páginas com problemas 

Para evitar transtornos outra dica valiosa é aumentar o período de entrega. Afinal, seu cliente está mais interessado no desconto do que em ter o produto na hora. Desta maneira, você evita congestionar o seu atendimento com reclamações caso haja imprevistos, demora ou atraso nas entregas.

#3 Segmentação, segmentação, segmentação

Na sua divulgação, tenha sempre em mente de que quanto mais segmentada a sua mensagem for, melhor.

Isso porque, quem a receber vai se identificar ainda mais e ter maior tendência a comprar o que você está oferecendo. Afinal, aquela oferta falou diretamente com a pessoa e tocou no que ela realmente estava precisando.

Sendo assim, certifique-se de que suas automações de e-mails, SMS ou remarketing estão bem alinhados com as características de um público em específico. 

Você pode fazer campanhas mais gerais também, mas a taxa de conversão pode não ser tão efetiva. 

#4 Omnichannel

Ter todos os seus processos omnichannel trará outra experiência para o seu cliente. Além de claro, tornar sua equipe muito mais eficiente e assertiva.  

Saiba mais sobre aqui: Omnichannel: saiba tudo sobre esta Estratégia.

Podemos destacar suas vantagens:

  1. Eficiência para sua equipe: assim eles vão ter todas as informações completas sobre seu cliente e leads, e saberão a melhor maneira de abordá-lo, seja no caso de venda ou de suporte
  2. Experiência para o cliente: ele vai poder escolher seu canal preferido e terá maior praticidade, elevando assim a experiência de compra já no início

Aqui vão alguns canais para você ficar de olho na integração:

  • e-mail
  • WhatsApp
  • chat
  • e-commerce
  • redes sociais em geral
  • SAC
  • aplicativo (se tiver)

#5 Foco no Mobile

Falando em aplicativos, esta é outra grande tendência que virá com força total.

A compra e interação por aplicativo é mais prática e personalizada. Por isso, o crescimento dessa estratégia.

Oferecer uma experiência mobile agregará ainda mais para as suas oportunidades de venda. Vez que é um canal muito flexível e que abrange a demanda por soluções digitais.

Você tem liberdade para fazer promoções exclusivas para quem tem seu app. De modo a poder capturar mais leads e colocá-los em contato com vários outros gatilho dentro do app, com pushes notification, gamification e muito mais.

#6 Fique de olho na fidelização

A Black Friday também é uma ótima oportunidade para você trabalhar a fidelização. 

Ao oferecer uma incrível experiência de compra, com certeza o cliente vai voltar para conferir outros produtos e/ou serviços da sua empresa.

E esta é a hora de estar preparado para aumentar essa possibilidade ainda mais. 

Não foque só em abaixar o preço para converter. Foque em táticas para encantar

Para isso, segue a lista com algumas boas práticas:

  • Prepare automações de pós compra
  • Amplie o período de promoções para a semana inteira ou até descontos durante todo o mês
  • Mantenha orçamentos, lances e soluções automatizadas que ajudam na escolha do cliente sempre ativas
  • Crie listas de remarketing e e-mails com os clientes novos para que possam conhecer ainda mais a sua empresa 
  • Entregue sempre algo a mais do que o esperado, como brindes, materiais extras, cupons para uso futuro, mensagens personalizadas etc

#7 Aposte nas indicações

Já que entramos no assunto de fidelizar, não poderíamos deixar de fora uma das estratégias mais poderosas para escalar vendas: as indicações.

Quando um cliente está fidelizado, isso significa que ele está muito satisfeito com sua marca. Logo, está disposto a te indicar sempre que ver a oportunidade. 

Por isso, você pode se sentir livre para aproveitar essa disposição do seu cliente. 

Estimule as indicações de quem comprou e ficou satisfeito. Assim, você aumenta o seu alcance e impacto, levando para mais pessoas os seus produtos e/ou serviços sem gastar nada a mais por isso.

 

E aí? Quais dessas estratégias você vai começar a aplicar? 

Acompanhe nosso blog para ficar expert em estratégias de Marketing de Indicação.

Postagens Recomendadas