49 Estatísticas que comprovam que o marketing boca a boca funciona para qualquer negócio

Depois dessas estatísticas do Marketing Boca a Boca, você não vai ter mais dúvidas de que esta é a estratégia mais eficiente para conquistar clientes na atualidade. 

Isso porque, a estratégia teve sua origem pelo ato humano, desde os tempos pré-históricos nós humanos indicamos, por exemplo, os locais de perigo.

Fato é que indicamos por natureza e as estatísticas da atualidade comprovam, que como clientes somos os maiores vendedores.

“Pessoas influenciam pessoas. Nada influencia mais do que a recomendação de um amigo” – Mark Zuckerberg, CEO do Facebook sobre Marketing boca a boca.

Assim, milhões de recomendações acontecem a todo instante, e em todas as partes do mundo. Pessoas indicam serviços, produtos e praticamente tudo que gostam.

O Marketing boca a boca é o ato de recomendar ao amigo aquilo que você gostou.

Dentro disso, assim como centenas de comprovações pessoais, como as próprias recomendações que recebemos, as estatísticas do Marketing Boca a Boca provam como ele funciona nos mais diversos segmentos de mercado.

Mas logo vamos chegar nesta parte…

Por que indicamos afinal?

Antes, pare para pensar:

Em toda plataforma, ciclo social ou dispositivo eletrônico que você já usou. Pessoas são o que movem o consumo e as interações nesses locais. 

Observe, por exemplo, como exercemos influência nas redes sociais.

Antes de qualquer comunicação ou outro formato de Marketing as pessoas são responsáveis por movimentar a economia… são as pessoas que fazem as vendas acontecerem o tempo todo.

Todo mundo já comprou algo influenciado por uma indicação boca a boca.

Eu tenho certeza que você já ouviu e disse a seguinte frase:

“Eu usei o produto/serviço X e é muito bom! Você deveria experimentar.”

O poder do Marketing Boca a Boca

Mesmo que seja algo fora da sua realidade ou estrutura financeira, a recomendação vai te dar aquela vontade de conhecer e descobrir mais do que a pessoa (amigos, familiares, influenciadores) está falando.

Isso acontece por causa da indicação, que incrivelmente gera confiança no indicado.

“Investir no boca a boca vale a pena mesmo?”

As empresas que exploram as estratégias de indicação saem sempre na frente. Não importa o segmento:

  • E-commerce
  • Alimentação
  • Imobiliárias
  • Academias
  • Transporte
  • Instituições de Ensino
  • e qualquer outro segmento

 

Por isso, eu afirmo com toda convicção do mundo:

O Marketing boca a boca é a melhor forma, pois faz com que pessoas comuns coloquem produtos ou serviços na vida de outras pessoas comuns

Ainda está com dúvida?

Sem problemas!

Separamos algumas estatísticas do Marketing Boca a Boca que provam como a indicação dos seus clientes aumentam as vendas, assim como outros benefícios.

Além disso, ainda servem para todo tipo de negócio.

Venha conferir na prática a lista de estatísticas do Marketing Boca a Boca que preparamos:

39 estatísticas do Marketing Boca a Boca:

  • 92% dos consumidores ao redor do mundo afirmam que confiam totalmente na indicação de um amigo ou familiar, acima de qualquer outra forma de propaganda – (Nielsen)

 

  • 43% das pessoas se sentem mais à vontade para comprar um produto quando o descobrem nas redes sociais. (Nielsen)

 

  • 68% dos consumidores confiam em recomendações e avaliações on-line, número que cresceu mais de 10% desde 2007, fazendo com que a avaliação on-line seja a terceira maior fonte de confiança na hora de comprar. (Nielsen)

 

  • 28% dos consumidores dizem que o boca a boca é o fator mais importante no fortalecimento da relação deles com as marcas. (Kentico Software)

 

  • 30% dos consumidores dos Estados Unidos confiam na recomendação de familiares e amigos ao pesquisar medicamentos. (Orc International)

 

  • 77% dos consumidores se sentem impulsionados a comprar um novo produto quando os descobrem através da recomendação boca a boca. (Nielsen)

 

  • 84% dos consumidores afirmam que confiam parcial ou totalmente em qualquer recomendação de algum membro da família. (Nielsen)

 

  • O boca a boca é responsável por 6 trilhões de dólares em consumo todo ano ao redor do mundo (CMO)

 

  • 89% das mulheres modernas confiam na recomendação de um amigo ou familiar, enquanto apenas 11% confia em marcas. (Mom Central)

 

  • 84% dos consumidores acreditam que a indicação e recomendação de amigos e familiares é a melhor e mais confiável fonte de informações quando se trata de um produto ou serviço (Nielsen)

 

  • 66% dos entrevistados menores de 34 anos têm maior probabilidade de dar uma referência depois de receber o reconhecimento social por isso. (B2B Marketing Mentor)

 

  • 56% de todos os consumidores do mundo aprendem sobre novos produtos através de recomendações de familiares e amigos. (Nielsen)

 

  • 58% dos consumidores compartilham experiências boas que tem, além de pedir a opinião de amigos e familiares quando estão falando sobre marcas nas redes sociais (SDL)

 

  • Os defensores da marca são 83% mais propensos a compartilhar informações sobre um produto do que os usuários típicos da web. (BzzAgent)

 

  • Os defensores da marca têm 50% mais chances de influenciar uma compra. (BzzAgent)

 

  • Conselho de amigos e familiares representa 77% na escala de persuasão quando se trata de informação sobre novos produtos. (Nielsen)

 

  • 30% de todos os consumidores descobrem a existência de alguns produtos através das redes sociais de amigos. (Gladson)

 

  • 62% dos consumidores na Europa afirmam que assistem a trailers de filmes se, mesmo sem gostarem, seus amigos Curtirem no Facebook. (European Commission)

 

  • 14% dos mesmos entrevistados europeus afirmaram que usaram o smartphone para falar com amigos ou familiares enquanto estavam no ponto-de-vendas escolhendo o produto. (ComScore)

 

  • 40% dos cineastas valorizam recomendações postadas por amigos ou familiares em mídias sociais. (Nielsen)

 

  • 36% dos livros são comprados por causa do tema, 33% pelo autor e 21% das vendas de livros advém das recomendações boca a boca. (Nielsen)

 

  • As mulheres são 25% mais propensas do que os homens a confiar em amigos ou familiares para obter conselhos sobre questões de finanças pessoais, o que torna o segmento de beleza e estética perfeito para o Marketing Boca a Boca. (Nielsen)

 

  • De 20% a 50% das compras são o resultado de uma recomendação de boca a boca. (AdAge)

 

  • 74% de todos os consumidores percebem que o boca a boca é o influenciador chave na decisão de compra. (AdWeek)

 

  • 62% dos profissionais de Marketing nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá estão satisfeitos com suas campanhas de marketing de boca-a-boca. (Forrester Research)

 

  • As marcas que conseguem gerar mais intensidade emocional recebem 3 vezes mais recomendações do que as marcas que se conectam menos com seus clientes. (Keller Fay)

 

  • O discurso do próprio consumidor, induzido pelo marketing boca a boca, gera mais de 2x as vendas de publicidade paga. (McKinsey)

 

  • Consumidores que são recomendados por outros consumidores costumam ter 37% a mais de retenção com a marca. (Deloitte)

 

  • Um consumidor que vem através da indicação boca a boca possui um Life Time Value (LTV ou tempo de vida com seu produto) de 16% a 25% maior. (Wharton School of Business)

 

 

  • Consumidores que chegam através da recomendação boca a boca de algum amigo costumam ser mais leais à marca do que os consumidores que chegam advindos de métodos tradicionais de Marketing. (Associação Americana de Marketing)

 

  • 39% dos entrevistados afirmam que preferem incentivos financeiros para recomendar produtos e serviços, do que recompensas tradicionais. (B2B Marketing Mentor)

 

  • 72% dos profissionais de Marketing e Vendas não entendem o valor do Marketing Boca a Boca e nem potencializam essa ferramenta de vendas. (Loyalty360)

 

 

  • Oferecer uma recompensa aumenta a probabilidade da recomendação boca a boca, mas não faz tanta diferença o tamanho ou o valor da mesma, basta existir. (Associação Americana de Marketing)

 

 

  • 49% dos consumidores respondem serem “muito ou um pouco” influenciados por indicações boca a boca de produtos ou serviços vindos de amigos via redes sociais (Marketing Land)

 

  • Os defensores da marca são 75% mais propensos a compartilhar uma excelente experiência no produto. (BzzAgent)

 

  • Defensores da marca possuem 3 vezes mais chances de compartilhar opiniões de produtos com alguém que não conhece. (BzzAgent)

 

Ufa, até cansei!

Agora eu tenho certeza que você está convencido e ansioso para criar um programa de indicações boca a boca, não é mesmo?!

Isso porque, depois dessas estatísticas do Marketing Boca a Boca, é fato que ele funciona para qualquer negócio. 

No entanto, em alguns segmentos esse marketing pode se destacar ainda mais. Tudo vai depender da estratégia escolhida e da qualidade do serviço ou produto.

Bônus:
Mais estatísticas do marketing boca a boca!

Para você que leu esse artigo até aqui, vou te presentear com mais 10 outros dados que demonstram como a estratégia do Marketing Boca a Boca tem sido explorada aqui no Brasil e no mundo.

Novos Índices que apontam a eficácia do Marketing Boca a Boca:

 

  • 68% dos consumidores que têm um item em mente não começam sua a jornada por mecanismos de busca, mas por indicação de outras pessoas. (Criteo)

 

  • Em 2018, os os influencers movimentaram US$ 4 bilhões no mundo, por meio do Marketing de Recomendação ou o tradicional boca a boca. (Novarejo)

 

  • Marketing de influência gera crescimento de 200% para e-commerce de moda feminina no Brasil. (E-commerce News)

 

  • Em 2017, em um estudo histórico, ficou provado que conversas com consumidores – tanto offline (face a face) quanto on-line (mídias sociais) – geram 19% das vendas. (engagementlabs)

 

 

  • Estudo aponta que boca-a-boca gera impacto de 20% das vendas que são impulsionadas em categorias de alta consideração (por exemplo, produtos de tecnologia).  (Word of Mouth Marketing Association)

 

  • Para o segmento de e-commerce; mais de 25% de todas as conversas off-line agora incluem pessoas falando sobre o que elas veem na mídia digital. (engagementlabs)

 

  • 28% dos defensores da marca são quatro vezes mais propensos a  compartilhar informações sobre produtos, marcas, lojas de venda através de mecanismos de feedback online, do que aqueles que não o fazem. (BzzAgent)

 

  • Clientes referenciados são melhores do que não referenciados. Isso porque, eles têm:

    • LTV (Lifetime Value) 25% maior
    • 20% mais AOV (Average Order Value), ou seja, a média de total gasto, a cada ano
    • 15 pontos a mais no NPS
    • 18% menos chances de churn
    • 25% mais lucratividade
    • de 4 a 5 vezes mais chances de indicarem outros novos clientes (Extole)

 


Como explorar o Marketing Boca a Boca?

Apesar das estatísticas do marketing boca a boca comprovarem a sua eficácia, muitas empresas ainda têm barreiras para explorar as indicações que recebem.

Sendo assim, alguns gestores não têm sequer ideia da quantidade de clientes que compram por indicação e porque a receberam em primeiro lugar. 

Por isso, essas empresas não exploram a estratégia de marketing boca a boca.

Então o que fazer nessa situação?

Separei para você algumas dicas importantes para explorar essa estratégia de Marketing:


1# Conheça quem são os seus clientes atuais

Saber quem são seus clientes atuais é o primeiro passo para explorar as indicações.

A propósito: eles estão satisfeitos com sua marca?

A satisfação é um dos motivos que nos fazem indicar. 

Portanto, se o cliente não estiver satisfeito…. isso é um problemão, porque ele irá queimar a sua empresa.

Então, explore a satisfação. Faça uma pesquisa de Net Promoter Score (NPS) e descubra os pontos que devem ser melhorados no seu negócio.

Também vale entender onde esses clientes estão presentes. Parta dos seguintes pontos:


Depois disso, você pode seguir com o próximo passo de como explorar o Marketing Boca a Boca.


2# Peça Indicações dos seus clientes satisfeitos

Pedir indicações é uma boa forma de explorar o Marketing Boca a Boca. Fato!

Contudo, é preciso saber como e quando pedir a indicação.

Procure um momento em que seus clientes estejam, além de satisfeitos, “com a mão na indicação”. 

Ou seja, um momento, por exemplo, que ele esteja com o aparelho celular em mãos.

Isso porque, observamos nas pesquisas deste artigo que hoje o Marketing Boca a Boca acontece quase que 100% no digital. As pessoas indicam pelo celular!

Assim, esse já é um grande meio para indicar.


3# Facilite a Indicação para seus clientes

Para facilitar a indicação, as estratégias de Marketing Boca a Boca devem estar focadas no mesmo local que seu cliente e de forma simples e rápida.

Para facilitar a indicação, uma boa forma de dar força às indicações é com um Programa de Indicação. De preferência que este seja digital.

Um Programa de Indicações ou de Indique e Ganhe pode trazer benefícios como:

  • Possibilita mensurar os dados das indicações
  • Facilita que seu cliente te indique
  • Automatiza todo o processo de indicação
  • Estimula as indicações da sua empresa
  • Reduz o Custo de Aquisição de Clientes
  • Aumenta o Lifetime value (LTV)
  • E muito mais…


4# Recompense seus clientes pela Indicação

As recompensas são um bom e eficaz incentivo para estimular as indicações da sua empresa. 

Dentro disso, as estatísticas do marketing boca a boca apresentadas, mostram, por exemplo, que 39% dos entrevistados preferem incentivos financeiros para recomendar produtos e serviços. Muito mais do que recompensas tradicionais!

Mesmo assim, antes de definir as suas, pense:

Qual o seu segmento? Quais são as características do seu público? Para a sua empresa, o que é melhor para incentivar as indicações?

As alternativas variam para cada empresa. Aqui vão algumas delas:

  • Um desconto para a próxima compra
  • Um produto específico da troca de pontos
  • Uma viagem (dependendo do CAC dos seus clientes)
  • Brindes exclusivos
  • Dias grátis para desfrutar de algum serviço


#5 Transparência é um excelente motivo para potencializar o Marketing Boca a Boca

Por fim, observe que além de estatísticas do marketing boca a boca, a transparência é um dos critérios para qualquer bom negócio. 

Na indicação, a empresa usa da imagem do seu cliente para vender mais.

Por esse motivo, é importante sempre ter transparência em todas as suas ações.

Se um cliente deve ser recompensado, avise-o de imediato e entregue o prometido pela indicação.

“A imagem de um cliente que indica a sua empresa deve ser zelada por sua empresa ao prestar serviços aos indicados”.

Cuide bem dos seus clientes e receba muitas indicações!

 

E aí, gostou desse conteúdo?

Para aproveitar essa onda de Marketing Boca a Boca, aqui vai um artigo com todos os mitos do boca a boca. Continue seu estudo e boas indicações para você!

 

 

[Artigo atualizado em 05 de Abril de 2022]

POSTS MAIS LIDOS

Artigos relacionados